10 aldeias de Arganil candidatas às “7 Maravilhas”

Piódão, Benfeita, Cerdeira, Foz d’Égua, Mourísia, Pomares, Soito da Ruiva, Teixeira, Vale de Espinho e Vila Cova de Alva são as 10 aldeias em que Arganil na eleição das 7 Maravilhas de Portugal – Aldeias.

“Arganil tem um território riquíssimo do ponto de vista do património histórico e natural. A presença das nossas aldeias em redes reconhecidas, como as Aldeias Históricas de Portugal e as Aldeias do Xisto, posicionam-nos como referências no turismo a nível nacional e internacional. Sabemos que só ganham sete, uma por categoria, mas a nossa estratégia passa por concorrer com várias aldeias, de forma a promover o município e a região de forma transversal”, explica Ricardo Pereira Alves, presidente da Câmara Municipal de Arganil.

As sete aldeias de Arganil candidatas à eleição representam um total de 17 candidaturas, pois algumas concorrem a várias categorias.

Recorde-se que as candidatas são organizadas em 7 categorias e as 7 vencedoras serão apuradas pelo maior número de votos, uma por categoria, não podendo ser eleitas mais do que três aldeias por região. As categorias são: Aldeias com História; Aldeias de Mar; Aldeias Ribeirinhas; Aldeias Rurais; Aldeias Remotas; Aldeias Autênticas; e Aldeias em Áreas Protegidas. Qualquer aldeia pode candidatar-se em múltiplas categorias.

As candidaturas decorrem até 7 de Março de 2017 e são colocadas online em http://7maravilhas.pt/7-maravilhas-aldeias-de-portugal/. O processo de eleição será auditado pela empresa internacional de auditores PwC.

O projecto conta com o apoio institucional do Gabinete do Ministro Adjunto, da Secretaria de Estado do Turismo, do Turismo de Portugal, da Unidade de Missão para a Valorização do Interior, ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e Florestas, Federação Minha Terra, e Associação Portugal Genial.