’10 Fest Açores’ redescobre gastronomia da região

O titular da pasta do Turismo dos Açores, salientou que este evento “apresenta-se como uma verdadeira e completa oferta gastronómica turística”, que, juntamente com o património, as tradições, as paisagens e as gentes dos Açores, permite que o arquipélago seja “um destino turístico diferenciador e constitui a base para um desenvolvimento sustentável”.

De acordo com Marta Guerreiro, o ’10 Fest Açores – 10 dias, 10 chefs’, que decorrerá de 21 a 30 de Junho, por ser “um verdadeiro laboratório vivo de aprendizagem técnica por via do intercâmbio de profissionais, formandos e formadores, contribuindo, assim, para um pensamento conjunto sobre a cozinha açoriana e as potencialidades da sua actualização”.

O ’10 Fest Açores – 10 dias, 10 chefs’ coloca a gastronomia da Região “num nível de excelência, renovado de edição após edição”, frisando que se trata de um evento “cada vez mais consolidado, que faz viajar por todo o arquipélago ao sabor de paladares contemporâneos”, salientou em Ponta Delgada, a secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo, na apresentação do evento, que segundo a governante regional, que “desde 2012, continua a surpreender-nos pela qualidade, interpretação ou re-interpretação, ousadia e diversidade dos pratos que são apresentados, onde os nossos produtos ganham destaque pela mão dos 10 chefs que rumam até esta Escola [de Formação Turística e Hoteleira dos Açores] para criarem sensações únicas por via da redescoberta da cozinha”.

Na sua intervenção, Marta Guerreiro apontou a qualificação do destino como um dos principais desafios do sector, principalmente no que diz respeito à formação dos recursos humanos. Nesse sentido, adiantou que a Escola de Formação Turística e Hoteleira “encontra-se a finalizar sete cursos para temáticas distintas, como sejam cozinha base e avançada, restaurante, ‘softskills’ vocacionadas para o cliente externo e interno, marketing digital e ‘housekeeping’, fruto de um levantamento das necessidades por ilha, em conjunto com as câmaras municipais, câmaras de comércio e algumas associações empresariais”.