1º trimestre: Aeroportos nacionais registaram 10,6 milhões de passageiros

Segundo dados do INE, o movimento de passageiros nos aeroportos nacionais continuou a aumentar no primeiro trimestre deste ano. Ao todo, os aeroportos portugueses foram demandados por cerca de 10,6 milhões de passageiros, com o aeroporto de Lisboa a concentrar quase 57%.

Dados divulgados esta segunda-feira, 25 de Junho, pelo INE – Instituto Nacional de Estatística, dão conta que no 1º trimestre deste ano, os aeroportos nacionais processaram 10,6 milhões de passageiros, +11,9% que no mesmo período do ano passado, um crescimento que mesmo assim é menos acentuado que o registado no trimestre anterior (+12,5% no 4º trimestre de 2017).

O aeroporto de Lisboa concentrou 56,8% dos passageiros movimentados no primeiro trimestre deste ano, com um total de 6,0 milhões, registando o maior crescimento entre os principais aeroportos: +15,9% (mesma variação que no trimestre anterior). Os aeroportos do Porto e Faro registaram, respectivamente, 2,4 milhões e 903 mil passageiros. Nas Regiões Autónomas, o aeroporto do Funchal processou 681,0 mil passageiros (+2,4%) e Ponta Delgada 319 mil (+5,0%).

O tráfego internacional de passageiros concentrou 79,9% do total, com particular expressão nos aeroportos de Faro (90,0% do total) e Lisboa (87,3%). As empresas de aviação portuguesas transportaram 41,8% dos passageiros movimentados nos aeroportos nacionais (+1,7 p.p.).

O INE divulga ainda que a oferta de transporte aéreo se situou em 13,5 milhões de lugares dos quais 10,6 milhões em tráfego internacional (+13,0%) e a taxa de ocupação para a totalidade dos movimentos atingiu 77,0%, subindo para 79,7% nos movimentos internacionais.