2,5M€ para apoiar empresas de turismo nas zonas ardidas do Centro

O Governo está já a “alocar cerca de 2,5 milhões de euros, nesta fase, para esta zona” do Centro de Portugal afectada pelas chamas, a partir do programa Valorizar, de forma a ser possível fazer “rapidamente” a reposição das infra-estruturas relacionadas com a actividade turística, anunciou Ana Godinho.

A secretária de Estado do Turismo, que reuniu este fim-de-semana com autarquias e operadores turísticos afectados pelo incêndio que começou em Pedrógão Grande, a 17 de Junho último, disse que os 2,5 milhões de euros são “para a acção a curto prazo”, sendo que o valor “poderá aumentar em função do desenvolvimento de mais produtos”.

O programa, de acordo com a governante, vai também servir para lançar “um repto” aos empresários para desenvolverem na zona afectada “projectos piloto e exemplares”, como é o caso da zona de protecção da aldeia do xisto da Ferraria de São João, no concelho de Penela, distrito de Coimbra, que após o incêndio decidiu em assembleia de moradores avançar com uma zona de protecção da povoação, arrancando eucaliptos e plantando árvores mais resistentes aos fogos na envolvente da localidade.

Agora, arranca também um plano de promoção da zona afectada – que continua com “muitíssimo para fruir” -, através de campanhas digitais a nível internacional, parcerias com imprensa e rádio, em Portugal e em Espanha, com “reportagens e guias sobre o que visitar na região”, bem como campanhas com operadores turísticos para serem criados pacotes especiais, referiu.

“Há muito para fruir, mas é preciso passar uma imagem certa. Queremos transmitir o real e não falsas expectativas a quem cá vem”, sublinhou, realçando que continua a ser possível ter “experiências associadas à autenticidade do destino” e que há “várias praias que continuam em operação”.

A médio e longo prazo, segundo a secretária de Estado do Turismo, o objectivo é que as acções passem, nomeadamente pela estruturação do produto turístico, sinalização e na segurança do próprio território.