29º CNHT: Não temos turistas a mais, afirma Augusto Santos Silva

“É falso que haja turistas a mais no país. É falso que haja turistas a mais em Lisboa. É falso que haja turistas a mais no centro de Lisboa”, afirmou o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, na abertura do 29º Congresso da Associação da Hotelaria de Portugal que está a decorrer em Coimbra.

O ministro referiu ainda que “é falso que haja turistas a mais e, do ponto de vista político, seria um disparate absoluto dizê-lo. É preciso ser franco”. Augusto Santos Silva deixou claro que apesar do crescimento que o sector tem tido, ainda tem margem de crescimento afirmando que “é nossa obrigação explorar a margem de crescimento para que se continue a expansão, o crescimento económico e a criação de emprego”.

Para Augusto Santos Silva, o desenvolvimento do sector não se deve apenas a razões circunstanciais, motivadas pelo “efeito de moda”, ou por sermos um “oásis de paz e segurança”. Estas razões, afirmou, “estão muito longe de explicar o essencial da expansão recente”, adiantando que uma das causas do sucesso turístico do nosso país reside na “capacidade histórica de relacionamento transversal” dos portugueses.

O governante deixou o desafio para que não se deprecie o esforço que o país fez “na modernização das infra-estruturas e no seu apetrechamento” a vários níveis, dado que só assim conseguimos “que a política seja pró activa”.