3 startups portuguesas nos finalistas da OMT Global Tourism Startup Competition

Foram anunciados os finalistas da segunda edição da Global Tourism Startup Competition, organizada pela Organização Mundial do Turismo em parceria com a Globalia. Na lista surgem três startups nacionais, a HiJiffy, LUGGit e Live Electric Tours.

Nas duas edições da competição organizada desde 2018, os organizadores OMT em colaboração com o Wakalua, o hub de inovação no turismo da Globalia, receberam perto de 5.000 propostas de startups de 150 países. De entre estes, os países com maior número de candidaturas são Espanha, Índia, Estados Unidos, Portugal, Nigéria e Colômbia.

A segunda edição apresenta startups num estado mais maduro de desenvolvimento, com 10% a ter tido um retorno de mais de 500.000€ em 2018. Os finalistas vão apresentar os seus projectos na sede do Wakalua, em Madrid, a 20 de Janeiro, na véspera da FITUR. Sete ganharão o galardão da respectiva categoria.

A competição organiza-se nas categorias Deep Tech, Mobilidade Inteligente, Destinos Inteligentes, Hospitalidade Disruptiva, Desenvolvimento Rural, Sustentabilidade, e Soluções de Turismo Inovadoras. A HiJiffy e LUGGit ocupam os dois lugares elegíveis para Soluções de Turismo Inovadoras, um prémio a ser entregue pelo Turismo de Portugal, e a Live Electric Tours na categoria da Sustentabilidade, concorrendo ao lado da Adventure Junkies (Austrália), Le Voyageuse (França) e Pikala (Marrocos).