Mais de 300 praias portuguesas ganham Bandeira Azul

No ano em que se assinala o 30º aniversário do galardão Bandeira Azul, Portugal contabiliza 314 praias e 17 portos de recreio e marinas galardoadas, ultrapassando pela primeira vez as 3 centenas de praias com Bandeira Azul.

Em termos europeus, Portugal mantém a quinta posição, atrás de Espanha, Turquia, Grécia e França, mas nenhum destes países, excepto Portugal, registou aumento do número de praias galardoadas.

No que diz respeito às praias, em 2016 regista-se um crescimento assinalável, passando de 299 o ano passado para 314 zonas balneares galardoadas. Quanto às marinas e portos de recreio, verificou-se um ligeiro crescimento no número de galardões, passando de 15 a 17.

Em relação à distribuição regional, na região Norte contabilizam-se 69 praias com bandeira azul, distribuídas por 12 concelhos, onde se incluem 4 praias fluviais, enquanto no Centro, foram galardoadas 32 praias, distribuídas por 19 concelhos, onde se incluem 10 praias fluviais.

Por sua vez, na região de Lisboa e Tejo, foram contabilizadas 52 praias, das quais 7 são fluviais, distribuídas por 15 concelhos, e no Alentejo 27 praias vão ostentar a bandeira azul, 1 fluvial, distribuídas por 7 concelhos. A região do Algarve continua a manter o 1.º lugar, com 88 galardões, contabilizando-se praias em 13 concelhos. Nos Açores, o galardão foi atribuído a 34 praias, de 11 concelhos e na Madeira 12 praias, pertencentes a 6 concelhos.

O Programa da Bandeira Azul da Europa iniciou-se à escala europeia, em 1986, integrada no programa do Ano Europeu do Ambiente. Com o apoio da Comissão Europeia, esta iniciativa tem por objectivo principal elevar o grau de consciencialização dos cidadãos em geral, e dos decisores em particular, para a necessidade de se proteger o ambiente marinho e costeiro e incentivar a realização de acções que conduzam à resolução dos problemas existentes.
O galardão é atribuído anualmente às praias e portos de recreio que cumpram um conjunto de critérios de natureza ambiental, de segurança e conforto dos utentes e de informação e sensibilização ambiental.