75% dos europeus conta fazer férias fora de casa em 2013

Esta a principal conclusão das respostas dos europeus ao Eurobarómetro da Comissão Europeia. Segundo a Comissão Europeia, que sublinha o facto de o turismo ser um dos poucos sectores que continua a crescer e a criar empregos apesar da crise, sete em cada 10 cidadãos europeus fez pelo menos uma viagem em 2012, número idêntico ao do ano anterior. Tão importante como isto, outro indicador revela que 88% dos europeus que fizeram viagens de férias tiveram como destino a própria Europa, fosse através de deslocações no próprio país ou para outros países membros da União Europeia. E a Comissão Europeia acredita que a performance do turismo na União Europeia vai continuar tão robusta e resiliente em 2013 quanto o foi nos anos anteriores. De acordo com os resultados de um inquérito da União Europeia, 75% dos europeus conta fazer férias fora de casa durante este ano, muito embora 34% tenham afirmado que vão adaptar os seus planos de férias à situação económica. Entre os destinos que serão preferidos este ano como destinos de férias dos europeus figuram os mesmos de 2012, nomeadamente Espanha, que concentra 12% das escolhas; Itália, como 8% e França com 7%. Já 51% dos inquiridos afirmou que tenciona fazer férias no seu próprio país. A propósito dos resultados deste recente Eurobarómetro, o vice-presidente da Comissão Europeia, Antonio Tajani, afirmou que “com 75% dos europeus a planearem fazer viagens de férias este ano, as perspectivas de contribuição do turismo para a economia são promissoras”. Tajani considerou ainda que estas são “boas notícias”, tanto mais que o sector do turismo é formado por muitas empresas de pequena dimensão e este facto pode “enviar um forte sinal de que é possível sair da crise económica a outros sectores de actividade. M.F.