A 7 e 8 de Maio na Guarda: 5º “Vê Portugal” espera 400 participantes

Cerca de 400 participantes são esperados no 5º Fórum Turismo Interno que se realiza na Guarda, numa organização da Turismo Centro de Portugal. Entre os temas em foco, o grande destaque vai para o turismo de natureza que representa o principal desafio para uma região que viu parte significativa do seu património natural devastado pelos incêndios de 2017.

Depois de Viseu, Aveiro, Coimbra e Leiria, e prosseguindo a lógica de percorrer todas as capitais de distrito da região Centro, o “Vê Portugal 5º Fórum Turismo Interno”, iniciativa anual da Turismo Centro de Portugal, vai este ano realizar-se na Guarda, a 7 e 8 de Maio, tendo como palco o Teatro Municipal.

O programa do evento foi apresentado esta terça-feira, em Lisboa, com o presidente da Turismo Centro de Portugal, Pedro Machado, a colocar grande destaque no primeiro painel “Turismo de Natureza: Que desafios para a sustentabilidade” que considerou “particularmente apelativo”.

Trata-se, segundo o responsável, de um painel onde se pretende discutir o futuro do turismo de natureza numa região que se apresenta hoje transformada em consequência dos incêndios. “Continuamos a ter os mesmos territórios, continuamos a ter lá esmagadoramente os mesmos empresários, estes empresários continuam a ter as mesmas obrigações, o que está em jogo é: como vamos perspectivar 2018 e seguintes sabendo que a paisagem ficou profundamente atingida em 2017 e uma parte significativa que era atribuída ao turismo de natureza, hoje está equacionada”, sublinhou Pedro Machado, acrescentando que o que se pretende com este painel é analisar que estratégias e opções devem ser tomadas depois de acontecerem tragédias como as do ano passado.

“Turismo de interior – desafios e tendências”, “Inovação, competitividade e coesão”, “Novas tendências na promoção dos destinos”, “Novas tendências da procura turística” e “2018 – Ano europeu do Património Cultural. Património e Turismo – uma relação estratégica?”, são os temas que vão dar corpo aos restantes painéis do evento.

Para além do Fórum, em que participam diversos especialistas nacionais e estrangeiros, e em que está prevista a presença da secretária de Estado do Turismo na sessão de abertura e do ministro da Economia no encerramento (ambos ainda por confirmar), a Turismo Centro de Portugal vai homenagear personalidades que se destacaram no sector turístico nacional e regional. No Jantar de Gala serão também entregues os Prémios de Concurso de Empreendedorismo Turístico “José Manuel Alves”, instituídos pela ERT, e que visam apoiar projectos inovadores no sector do Turismo com implementação na região, assim como os Prémios de Teses Académicas que incidam sobre o Centro de Portugal.