Abertas  candidaturas para participação de startups em feiras de turismo

As startups interessadas em participar a feiras de turismo no estrangeiro devem apresentar a sua candidatura até 29 de Junho, no âmbito do programa Turismo 4.0. O formulário está disponível no portal do Turismo de Portugal (turismodeportugal.pt) e as empresas seleccionadas são conhecidas no dia 10 de Julho.

“Promover o acesso aos mercados externos e criar oportunidades de internacionalização é o objectivo” do programa Turismo 4.0 do Turismo de Portugal, no âmbito do qual este instituto convida startups a participarem em feiras de turismo no estrangeiro.

Podem candidatar-se “empresas de base tecnológica ou não, criadas há menos de três anos, com elevado perfil exportador e que desenvolvam projectos com uma forte intensidade inovadora e potencial de qualificação e projecção do destino”. O Turismo de Portugal comparticipa a deslocação de um dos membros da equipa à respectiva feira, assim como espaço para presença da mesma no seu pavilhão.

As candidaturas abrangem as feiras que vão decorrer entre Setembro de 2018 e Março de 2019, nomeadamente:

  • IFTM Top Resa – Paris (França), 25 a 28 de Setembro de 2018;
  • ABAV Expo – São Paulo (Brasil), 26 a 28 de Setembro de 2018;
  • WTM – Londres (Reino Unido), de 5 a 7 de Novembro de 2018;
  • Vankantiebeurs – Utrecht (Holanda), de 10 a 13 de Janeiro de 2019;
  • FITUR – Madrid (Espanha), de 23 a 27 de Janeiro de 2019;
  • ITB – Berlim (Alemanha), de 6 a 10 de Março de 2019;
  • MITT – Moscovo (Rússia), de 12 a 14 de Março de 2019.

Desde 2016, foram já 58 as startups a marcar presença nas feiras internacionais de turismo da Europa, Brasil e Rússia, onde o Turismo de Portugal teve stand próprio e, segundo a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, trata-se de dar continuidade a uma iniciativa que está a dar frutos “permitindo às startups de turismo terem oportunidade de se internacionalizar e crescer para novos mercados. É fundamental que tenhamos empresas inovadoras e capazes de competirem em todo o mundo”.