Aberto concurso público para o Paço de Valverde no âmbito do REVIVE

Lançado pela Universidade de Évora, este é o quarto concurso público efectuado no âmbito do programa REVIVE e os investidores interessados têm agora 60 dias para se candidatarem.

Foi publicada, em Diário da República, a abertura do concurso público relativo ao Paço de Valverde, em Évora, para instalação de uma unidade hoteleira. Segundo informa a Secretaria de Estado do Turismo em comunicação à imprensa, “os investidores interessados têm 60 dias (até dia 02 de Fevereiro de 2018) para se candidatarem”.

O conjunto patrimonial do Paço de Valverde, em Évora, é composto pelo Convento do Bom Jesus de Valverde e pela Quinta do Paço de Valverde. Trata-se de um dos 33 imóveis inscritos no REVIVE, programa conjunto dos Ministérios da Economia, Cultura e Finanças com a colaboração das autarquias, através do qual se pretende “valorizar e recuperar o património sem uso, reforçar a atractividade dos destinos regionais e o desenvolvimento de várias regiões do país”.

Este é o quarto concurso lançado no âmbito do Programa Revive, seguindo-se ao Convento de São Paulo, em Elvas, ganho pelo grupo português Vila Galé que já iniciou as obras para a instalação de uma unidade hoteleira, aos Pavilhões do Parque D. Carlos I, nas Caldas da Rainha, cujo concurso foi ganho pela Visabeira, e ao Hotel da Guarda, cujo concurso está em fase de conclusão.

Detalhes sobre o concurso em: https://dre.pt/web/guest/home/-/dre/114301386/details/2/maximized?serie=II&at=c&parte_filter=41&day=2017-12-04&date=2017-12-01&dreId=114279173

Mais detalhes sobre o imóvel em: http://revive.turismodeportugal.pt/pt-pt/quinta-valverde.