Abriram 43 unidades hoteleiras o ano passado em Portugal

Em 2016 registaram-se 43 aberturas de unidades hoteleiras em Portugal, representando um aumento de 59% relativamente a 2015, indicam dados da consultora Worx, que diz que 30% das novas aberturas foram na cidade de Lisboa, concentradas no núcleo central e histórico da cidade, com algumas aberturas em artérias adjacentes que vieram adicionar 728 quartos à oferta hoteleira de Lisboa.

Já o mercado turístico do Porto manteve estável o seu nível de inaugurações, registando a abertura de cinco unidades hoteleiras num total de 372 quartos. De destacar a expansão do Grupo Hotusa da cadeia Eurostars Hotels, que inaugurou os hotéis Eurostars Heroísmo e Eurostars Porto Douro.

Em 2015 o volume do capital investido nas transacções hoteleiras atingiu um total de 425 milhões de euros em 23 transacções registadas. Já em 2016 este valor ficou pelos 156 milhões de euros, em 19 transacções, destaca a Worx. Em relação à origem do capital, nos últimos 11 anos, 53% do capital tinha origem nacional e 47% internacional. Em 2016 verificou-se uma inversão dessa tendência, com o capital internacional a representar 58% nas transacções hoteleiras no país. Em 2017, além de Lisboa ou Porto, todas as outras regiões do país entram na órbita dos investidores devido ao excelente e premiado desempenho do turismo, bem como à escassez de oportunidades nestas cidades.

Para este ano, ainda de acordo com o estudo de mercado WMarket 2017, a consultora prevê que o setor do turismo continue numa curva ascendente em que se poderá destacar a entrada de novas cadeias hoteleiras internacionais no mercado português.