Açores apostam no surf

O secretário Regional do Turismo e Transportes reafirmou esta sexta-feira, em S. Miguel, a aposta dos Açores no surf e nos eventos a ele associados, considerados “estratégicos para a Região”, e permitindo “evidenciar os Açores não só como um destino de surf, mas como um destino de desportos de natureza”, onde os visitantes podem “desfrutar de momentos únicos”.

Vítor Fraga frisou, neste caso, que o Azores Airlines Pro e o Vissla World Junior Championships “respondem claramente as orientações estratégicas do Governo relativamente ao apoio e à promoção de eventos desta dimensão na Região”, uma vez que, “por um lado, contribuem de uma forma activa para a captação de fluxos turísticos e, por outro, contribuem para a promoção da Região junto dos principais mercados emissores”.

O secretário Regional, que falava na apresentação dos dois eventos desportivos, adiantou que o Azores Airlines Pro envolve a presença de cerca de 400 pessoas, entre atletas e acompanhantes, enquanto o Vissla World Juniors Championship leva aos Açores cerca de 800 pessoas, entre atletas e respectivas comitivas.

Em relação ao Azores Airlines Pro, o governante regional disse que serão mais de 38 horas de emissão televisiva através da Sport TV para o mercado nacional, de emissão ao vivo na Time Warner nos EUA, Canadá e Hawai, permitindo atingir mais de 42 milhões de lares, bem como da transmissão televisiva para a Austrália e para o Brasil, através da ESPN, e também ao nível do online, da transmissão na Internet, através do site da WSL, que tem um potencial de atingir oito milhões de espectadores, bem como de 4,5 milhões através das redes sociais.