Açores vão rever Plano de Ordenamento Turístico

A revisão do Plano de Ordenamento Turístico da Região Autónoma dos Açores (POTRAA) vai estar a cargo da empresa Simbiente Açores – Engenharia e Gestão Ambiental, e será executado no prazo de oito meses.

Os objectivos a atingir com o novo POTRAA passam designadamente pela redefinição e organização do destino Açores ao nível do turismo, melhoramento da qualidade de oferta turística regional, pela distribuição mais equitativa dos fluxos turísticos pelas nove Ilhas e ao longo do ano, preservação dos patrimónios natural e cultural, identificação das zonas adstritas às diferentes actividades e à localização de novos empreendimentos turísticos em cada ilha, bem como pela prevenção da degradação do destino, através duma política de turismo sustentável.

Tendo em conta o desenvolvimento e o bom desempenho do turismo dos Açores, a revisão deste instrumento surge no sentido de se obter um adequado grau de alinhamento entre as grandes tendências internacionais, a realidade económica e social dos principais mercados emissores de turistas para os Açores e aquela que é hoje a situação do sector do turismo na Região e o seu contributo para o desenvolvimento e geração de riqueza para os residentes.