Administração do NH Hotel Group declina oferta do Grupo Barceló

Reunido no passado dia 10 de Janeiro, o Conselho de Administração do NH Hotel Group “declinou por unanimidade” a oferta de fusão feita pelo Barceló Hotel Group em meados de Novembro do ano passado. Segundo a NH, a proposta da Barceló “não reflecte o valor relativo de ambas as companhias”.

A proposta do Grupo Barceló avaliava a companhia em 2.480 milhões de euros, a um preço de 7,08€por acção, representando um prémio de 27%. Para avaliar a proposta, o Conselho de Administração do grupo NH contou com a análise financeira do Bank of America Merrill Lynch, tendo sido através desta análise que decidiu “por unanimidade” recusar a proposta de interesse da Barceló. Uma decisão que o Conselho explica ter sido tomada “em defesa, tanto do interesse social da sociedade como dos interesses dos accionistas”. Mesmo assim, avançou que a recusa “não condiciona nem impede a análise de outras futuras oportunidades estratégicas”, as quais serão sempre “avaliadas em função do valor real que estejam em condições de gerar ao conjunto de accionistas do NH Hotel Group”.

“Na sua análise, o Conselho não considera apropriado o valor intrínseco atribuído à NH pela oferta do Grupo Barceló, nem o seu âmbito, nem a relação de troca oferecida por este”, ao mesmo tempo que considera que “os termos da oferta são inadequados e não reflectem de forma alguma o valor real da NH”, lê-se no comunicado emitido pelo grupo.

Ainda de acordo com o Conselho, a oferta do grupo Barceló “não reflecte o potencial de crescimento dos resultados da NH” e “carece de liquidez para os accionistas da NH”.