AHETA: Volume de vendas da hotelaria algarvia subiu 13,6% em Março

O volume de vendas das unidades de alojamento do Algarve durante o mês de Março aumentou 13,6% face ao período homólogo, de acordo com a AHETA, que justifica este crescimento com a subida dos preços no período da Páscoa.

No período em análise, a taxa de ocupação global média/quarto foi de 53,8%, mesmo assim, 1,1p.p. abaixo da registada no mesmo mês de 2017. Em termos acumulados, nos últimos 12 meses, a taxa de ocupação quarto regista uma subida de 0,9%.

Os mercados que apresentaram as maiores descidas no Algarve, segundo a AHETA, foram o britânico (-5,3%) e o holandês (-1,4%), enquanto as maiores subidas foram registadas pelos espanhóis (+140%) e portugueses (+35%). A Páscoa justifica o grande aumento de turistas nacionais e espanhóis neste mês, diz a associação.

Por zonas geográficas, Albufeira, considerada a principal zona turística, registou uma subida de 1,6 p.p. No entanto, as maiores descidas verificaram-se nas unidades de alojamento de Portimão / Praia da Rocha (+10,6 p.p.) Lagos / Sagres (-9,8 p.p.) e Monte Gordo / VRSA (-5 p.p.). Albufeira, a principal zona turística, registou uma subida de 1,6pp.