AHP acredita que IVA da restauração também vai descer em Portugal

A Associação da Hotelaria da Portugal emitiu ontem um comunicado em que diz acreditar que, à semelhança da Grécia, o IVA da restauração vai baixar em Portugal já no próximo Orçamento de Estado. ?Queremos acreditar que face a este exemplo vindo da Grécia, a nova ministra das Finanças terá a sensibilidade necessária para avançar com igual proposta?, defende Luís Veiga, presidente da AHP, para quem ?baixar a taxa do IVA dos serviços de alimentação e bebidas é fundamental para tornar o destino Portugal mais competitivo?. Para Luís Veiga, o aumento do IVA na restauração agravou os custos da hotelaria e tornou o destino menos competitivo a nível internacional, sublinhando o caso de Espanha, nosso concorrente directo, onde o IVA sobre os serviços de alimentação e bebidas é de 10%. A AHP afirmar ainda que o aumento da taxa de IVA na restauração, de 13 para 23%, tem resultado numa quebra de receitas de 10 a 20% na hotelaria. M.F.