AHP admite encerramento de 300 hotéis algarvios no Inverno

O presidente da Associação da Hotelaria de Portugal (AHP), Luís Veiga, admite o encerramento de cerca de 300 hotéis algarvios durante a época baixa, número que se deverá manter inalterado face ao ano passado. De acordo com o responsável, grande parte dos 700 hotéis que existem no Algarve devem vir a encerrar no período de Inverno, isto apesar dos esforços, inclusive governamentais, para reduzir a sazonalidade do destino. ?Os hoteleiros vão estar na expectativa e vão ver o que vai dar, também porque o Governo se empenhou no combate à sazonalidade, reforçando a ligação com as companhias aéreas, o que achamos fundamental?, considera Luís Veiga, em entrevista ao Sol. O presidente da AHP justifica o encerramento de hotéis com a diminuição da procura que a hotelaria algarvia sentiu nos últimos anos, considerando que só em 2016 a hotelaria da principal região turística do país deverá recuperar os dois milhões de dormidas perdidas nos últimos anos. Luís Veiga defende que os hotéis independentes, que representam cerca de 60% do total existente a nível nacional, deveriam estabelecer parcerias entre si, de forma a ganharem mais força comercial e capacidade para se internacionalizarem. ?É preciso criar escala entre privados e é preciso trabalhar em rede entre privados e públicos. E já temos resultados muito satisfatórios desse processo?, concluiu o responsável. I.M.