AHP apresenta Programa “Hospes” na presença de Marcelo Rebelo de Sousa

A AHP fez o balanço e apresentou o futuro do seu Programa Corporativo de Responsabilidade Social e Sustentabilidade Ambiental numa cerimónia, em Lisboa, que contou com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e da secretária de Estado da Inclusão das Pessoas com Deficiência, Ana Sofia Antunes.

A AHP já entregou 26 mil bens a 33 instituições de Solidariedade Social, em apenas quatro anos, através deste programa. Camas, colchões, almofadas, roupa de cama, atoalhados, toalhas de mesa, cortinados, tapetes, mobiliário, televisões e equipamentos industriais de cozinha, entre muitos outros, são alguns dos bens doados por 66 hotéis associados, através da AHP.

Estima-se que, entre 2013 e 2016, o valor das doações por parte dos hotéis tenha atingido os 500 mil euros. Por seu turno, o custo de substituição dos  bens e equipamentos doados por novos terá sido aproximadamente de 2 milhões de euros.

A importância deste programa destaca-se quer pelo cariz social, quer pela vertente ambiental, uma vez que a reintrodução dos bens usados na economia social gera impactos positivos sobre o ambiente, pela reutilização e reciclagem de bens e a redução de consumos.

“No final de 2012 nasceu este projecto de doação de bens, que rapidamente ultrapassou expectativas e permitiu criar uma verdadeira rede de partilha, um esforço conjunto e articulado, concretizando a verdadeira responsabilidade social corporativa”, afirmou na ocasião, Raul Martins.

O presidente da AHP destacou o lançamento do novo Programa Corporativo de Responsabilidade Social e Sustentabilidade Ambiental da Associação – o Programa HOSPES – e a vontade de ir ainda mais longe. “Vamos entrar numa nova fase da economia de partilha, mais fecunda e abrangente e também mais ambiciosa “.

O programa de Responsabilidade Social e Sustentabilidade Ambiental cresceu, evoluiu e ganhou uma nova escala. Já não é só um conjunto de acções pontuais, iniciativas ou campanhas. Por isso, o programa irá entrar numa nova fase, apresentada por Cristina Siza Vieira, presidente executiva da Associação.

A AHP atribuiu uma nova identidade ao programa, que irá funcionar como umbrela e que traduz todas as dimensões do mesmo. “Programa HOSPES” é a nova denominação que remete para a raiz latina da palavra hotel e que pode significar anfitrião, hospedeiro, visitante, hóspede e estrangeiro. Com a escolha deste nome para o programa de Responsabilidade Social, “afirma-se que a hotelaria cumpre o verdadeiro sentido que a raiz da própria palavra “Hospes” contém: aquele que é acolhido, aquele que acolhe, a relação ou a sinergia que se estabelece entre os dois”, disse a responsável, sem esquecer a vertente ambiental “pois temos vários projectos nessa área”, para acrescentar que “o nome do programa inclui também a noção de que somos todos hóspedes do nosso planeta, por isso a sua denominação é “Hospes – Sharing is Caring”.

A AHP irá ainda lançar no futuro uma plataforma que irá funcionar como um agregador. “Vamos envolver não só os hotéis como todos os parceiros fornecedores de bens e equipamentos e as instituições, articulando-se na procura e oferta através da AHP, e abrangendo outras iniciativas, na área da inclusão e experiências profissionais”, concluiu Cristina Siza Vieira.

“Merecia ser destacado – e merece hoje ser destacado – o mérito de quem arrancou com uma ideia numa das piores fases da sua vida colectiva e, ainda assim, percebeu que havia quem estivesse muito pior, que havia instituições de solidariedade social que precisavam muito mais desse apoio. E, em vez de pensar numa postura egocêntrica ou egoísta, teve uma visão solidária”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa.