AHP preocupada com ?incógnita? das verbas para a promoção

Para a presidente da Direcção Executiva da AHP, Cristina Siza Vieira, a ?concentração na estratégia de promoção internacional? é fundamental face à marcada sazonalidade do nosso turismo. Por isso se mostra preocupada com o facto com a ?incógnita? que é ainda a comparticipação pública e considera essencial reflectir sobre o modelo a seguir. Embora considerando que ?o mês de Julho foi positivo, de modo geral, para a hotelaria?, Cristina Siza Vieira afirma ser ?essencial existir um foco nas ?camas que ficam vazias?, principalmente na época baixa, afirmando por isso que ?é importante a concentração na estratégia de promoção internacional de Portugal porque é por aqui que passa a solução?. Neste âmbito, a AHP, embora se congratule pelo facto de ?o protocolo para a promoção turística externa manter o modelo de comparticipação financeira para a promoção turística no exterior?, não deixa de considerar que ?o carácter provisório da comparticipação pública (até à aprovação do novo Orçamento do Estado para 2014, como o referiu o secretário de Estado do Turismo) traz uma incógnita para o futuro?. Por isso, para Cristina Siza Vieira, ?merece reflexão sobre qual o modelo que se deve seguir?, com a afirmar-se ?disponível, como sempre, para contribuir no desenvolvimento dessa mesma estratégia», sublinha a responsável. M.F.

(Visited 1 times, 1 visits today)