AHRESP acusa ANMP de querer cobrar taxas turísticas em todos os municípios

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) veio ontem repudiar a iniciativa da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), que está a propor aos municípios a cobrança de uma Taxa Municipal de Ocupação Turística, proposta que a AHRESP diz ser “inaceitável”, uma vez que iria comprometer a competitividade de Portugal face a outros destinos. “É inaceitável que a ANMP esteja a promover um “saque” de dezenas de milhões de euros, às depauperadas subsistências das nossas empresas, que diariamente vêem as suas receitas e resultados caírem a pique”, defende a AHRESP, considerando quem, se esta proposta fosse avante, “Portugal sofreria um sério revés”. Com esta iniciativa, a AHRESP acusa a ANMP de querer “matar a galinha dos ovos de ouro”, pondo em causa a luta para “manter o Turismo na liderança das exportações”, uma vez que o sector turístico é dos poucos que contribuem para o equilíbrio da nossa balança comercial.