AHRESP preocupada com arrendamento comercial

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) reuniu recentemente com a ministra da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território, Assunção Cristas, para discutir a problemática do arrendamento comercial, uma vez que o novo regime “não considera as especificidades dos espaços comerciais”. “O novo regime agora em vigor, não considera as especificidades dos espaços comerciais, muito menos a dos estabelecimentos de Restauração, Bebidas e Alojamento. Promove sim, a ameaça constante do despejo fácil das nossas empresas, já demasiado fragilizadas devido ao actual contexto de crise”, considera a AHRESP, que diz que esta é a realidade de mais de 90% destas empresas. De acordo com a AHRESP, Assunção Cristas “mostrou-se sensível e disponível para tratar esta problemática, que também considerou de grande preocupação, comprometendo-se ao seu acompanhamento com a AHRESP”, diz a associação em comunicado. Na mesma ocasião foram também discutidos outros temas relacionados com a actividade, como a política da água, as dificuldades vividas pelos concessionários de praia, bem como a necessária revisão da legislação da Qualidade do Ar Interior. I.M.