Aigle Azur: Rota entre Paris e Beirute oficialmente inaugurada

A companhia aérea privada francesa Aigle Azur assinalou esta terça-feira com uma conferência de imprensa em Beirute a abertura da sua mais recente rota: Paris-Beirute que constitui a grande novidade da companhia para este Verão. A acção contou com a presença do CEO da companhia, Michael Hamelink, do director comercial Tiago Martins, do ministro libanês do Turismo Avedis Guidanian e de uma representante da Embaixada francesa Isabelle Rose.

Iniciada a 23 de Junho a rota para Beirute não podia estar com melhores auspícios uma vez que nestas poucas semanas passou de 3 par 4 frequências, número que manterá a partir de agora. Isso mesmo realçaram ambos os responsáveis da companhia, com o CEO Michael Hamelink a sublinhar a importância desta nova rota, através da qual a Aigle Azur dá mais um passo naquele que é um dos seus grandes objectivos, a diversificação de rotas através da aposta “em destinos que estejam até cinco horas de Paris”.

No caso, Hamelink considera o Líbano e mais concretamente Beirute “uma óptima oportunidade” num mercado que até agora era dominado por duas grandes companhias, uma delas a Air France. Por isso afirma que “quatro frequências é um bom começo”, o que deixa em aberto a possibilidade de acréscimo.

Para já o que o director comercial Tiago Martins garantiu é que em épocas de pico a companhia está preparada para responder com mais oferta. O responsável considerou que esta é uma rota desafiante já que em breve entrará outro player no mercado. A resposta da Aigle Azur será dada com foco no preço e no serviço. O voo para Beirute tem executiva, é operado em A320 ou A319 e na económica é servida uma refeição e bebidas, sublinhou.

Tiago Martins avançou que “as vendas para o Inverno estão já a decorrer a bom ritmo” é que mesmo em poucas semanas foram já transportados passageiros com partida de outros destinos operados pela companhia. Entre estes contaram-se já alguns portugueses. Ao Turisver.com sublinhou que em Portugal existe “um mercado de nicho para este destino” mas mais importante que isso, sublinhou, “queremos levar libaneses a Portugal como turistas”.

Já o ministro do turismo libanês sublinhou a importância da nova rota enquanto sustentáculo para a recuperação do Líbano.

Para assinalar a abertura da rota a Aigle Azur convidou vários jornalistas entre eles um representante do Turisver.com.

Reportagem completa na próxima edição da revista Turisver