Air Algérie já voa para Lisboa

A companhia aérea argelina, Air Algérie, começou ontem a voar entre Argel e Lisboa, uma operação feita em Boeing 737 de 142 lugares, duas vezes por semana. As autoridades, portuguesas e argelinas, acreditam no sucesso da rota, com o ministro argelino dos Transportes a avançar mesmo o desejo de a companhia vir a operar para o Norte de Portugal. O primeiro voo da nova rota da companhia argelina foi recebida com “circunstância”, com a comitiva, em que se incluíam os ministros do Turismo e dos Transportes e o presidente da Air Algérie, a ser recebida pelo director do Aeroporto, acompanhado pelo ministro da Economia, Pires de Lima, e pelo presidente do Turismo de Portugal, Cotrim de Figueiredo. Dando as boas vindas à nova companhia, o responsável do aeroporto de Lisboa mostrou-se confiante no sucesso da nova rota e afirmou estar “certo que a Air Algérie vai tirar partido de todas as vantagens que o mercado português oferece”. Confiante no sucesso está também o presidente da Air Algérie, Mohamed Salah Boultif, que destacou ser esta “a primeira vez que a Air Algérie opera para Lisboa em base regular”. O responsável referiu que o novo voo será “uma grande oportunidade para os operadores turísticos e agentes de viagens” que passarão a ter agora maior disponibilidade de lugares para Argel e poderão beneficiar das conexões que a companhia permite para vários destinos em África. O ministro da Economia, Pires de Lima, sublinhou que “os voos da Air Algérie, com os voos da TAP, somarão 5 voos semanais de ligação entre os dois países, o que pode aproximar os dois povos e as relações”. A propósito lembrou que as exportações de Portugal para a Argélia passaram de 200 milhões de euros, em 2009, para 530 milhões em 2013. “A Argélia é o nosso maior cliente na zona do Norte de África e Médio Oriente”, afirmou, destacando que a relação entre os dois países “vai para além do comércio”, abarca “um crescente fluxo de investimento na área dos transportes e da construção e esperamos, a partir de agora também no turismo”. O ministro do Turismo e do Artesanato da Argélia, que sublinhou a “nova ponte” que se estabelece com mais este voo, avançou que “nos próximos meses” deverá ser assinado, entre a Argélia e Portugal, de “um acordo na área do turismo” que abrangerá “a formação turística, o investimento, a promoção e a troca de informação”, além de um outro na área do artesanato. Já o ministro dos Transportes argelino, depois de se referir à importância desta rota, avançou o desejo de Air Algérie poder vir a operar também para o Norte de Portugal. Com uma duração de 1h45, o voo parte às segundas-feiras às 8h00 de Argel, chegando a Lisboa às 10h05, de onde sai às 11h15, para chegar à capital argelina às 13h00. Já às quintas-feiras, o voo sai de Argel às 15h30, tendo chegada prevista a Lisboa às 17h35, de onde sai às 18h45, para aterrar na capital argelina pelas 20h30. Refira-se a propósito que a rota entre Lisboa e Argel é já operada pela TAP, desde Junho de 2010, com três voos semanais, às terças, quintas e sábados e no Verão com um voo também aos domingos. M.F.