Air Transat 1ª companhia do mundo a ter registo E- IOSA

A Air Transat, transportadora aérea do Canadá representada em Portugal pela ATR, acaba de se tornar na primeira companhia aérea em todo o mundo a revalidar o seu registo IOSA sob a nova metodologia IOSA Melhorado (E-IOSA) que passará a ser obrigatório para todas as companhias apenas em 2015. A companhia está, desde 2008, registada no programa de auditoria de segurança operacional (IOSA) da Associação de Transporte Aéreo Internacional (IATA) que tem um programa de auditoria padronizado para a gestão operacional e sistemas de controlo de companhias aéreas baseada em standards reconhecidos internacionalmente, apoiado num rigoroso processo de controlo de qualidade, cujo objectivo é melhorar as operações e segurança no sector aéreo. Este programa conta com mais de 900 standards rigorosos que contribuem para a segurança operacional das companhias aéreas em áreas como a gestão, segurança de operações de voo, controlo operacional, engenharia e manutenção aeronáutica, operações de cabine, ground handling e operações de carga. Desde 2011, o programa foi renovado, passou a incluir novos elementos e transformou-se no programa E-IOSA que passou a envolver processos de avaliação interna contínuos, para providenciar mais valor e continuidade ao processo de auditoria. A pedido da IATA, a Air Transat participou no desenvolvimento do novo programa, que será obrigatório a partir de 2015 para transportadoras membros da IATA. ?Estamos muito orgulhosos de sermos a primeira transportadora no mundo a renovar o registo na IOSA com base no método E-IOSA? disse Jean-François Lemay, director-geral da empresa. ?A Air Transat mantém a liderança na gestão da segurança, cumprindo os mais altos padrões internacionais de gestão operacional e de segurança?, acrescentou. M.F.