Air Transat altera a política de franquia de bagagem

Simplificação e padronização, são os objectivos da nova política de franquia de bagagens que a canadiana Air Transat introduziu no passado dia 6 de Julho e que terá efeitos a partir de Novembro.

Representada em Portugal pela ATR – Actividades Turísticas e Representações, a companhia aérea canadiana Air Transat alterou a sua política de franquia de bagagens. Uma mudança que, segundo a companhia, “visa simplificar e padronizar” a sua política de bagagem, alinhando-a com as práticas correntes da indústria. A nova política entrou em vigor a 6 de Julho de 2016, para partidas a partir de 1 de Novembro próximo.

Assim, para os passageiros que voem com a Air Transat em Classe Económica, para os Estados Unidos, Caribe, México, América Central, América do Sul e Europa, bem como em voos domésticos dentro do Canadá, a franquia de bagagem passa a ser uma peça de 23 kg.

Já em Option Plus, os passageiros irão beneficiar de uma peça adicional de bagagem despachada de 23 kg. Ou seja, um passageiro Option Plus que viaje para a Europa vai ter direito a despachar duas peças de 23Kg cada, num total de 46Kg. A Option Plus inclui ainda escolha do assento, check-in prioritário, embarque e manuseio de bagagens, bem como outros extras a bordo.

Em Club Class, nas viagens para a Europa, passam a ser permitidas duas peças de 32 kg, para um total de 64 kg.