Alentejo aprova plano de promoção e comercialização para 2018

Para Vítor Silva, presidente da Agência de Promoção Turística do Alentejo, “o Plano de Promoção e Comercialização 2018 agora aprovado mantém a linha de aposta iniciada em 2016 e o objectivo de diminuir a sazonalidade e aumentar o RevPar”, para acrescentar que “a grande meta para 2018 é crescer em linha com o que se tem vindo a registar e que será certamente ao nível dos dois dígitos”.

O responsável refere-se aos grandes objectivos do Plano de Promoção e Comercialização do Alentejo para o próximo ano, que acaba de ser aprovado em assembleia-geral.

A reunião, que decorreu no Évora Hotel e que contou com uma elevada participação de associados, permitiu analisar o ano turístico em curso e discutir as linhas mestras que irão nortear a região ao nível da promoção internacional no próximo ano.

O novo plano discrimina os mercados pela sua importância, com um reforço de verbas em Espanha, nomeadamente com acções que visam directamente o consumidor final. França, Brasil, Reino Unido, Benelux e Alemanha, considerados mercados estratégicos, vão continuar a ser alvo de forte aposta por parte da ARPTA.

Os níveis de actuação serão diferenciados neste plano, e passam por assegurar uma maior e melhor comunicação do Alentejo através da realização de press trips, a aposta na gestão das redes sociais do Alentejo em cinco idiomas, realização de workshops e roadshows, participação em feiras, com destaque para as de nicho e pela continuação da aposta em viagens de familiarização para operadores turísticos e agentes de viagens.

No que diz respeito aos produtos, vai manter-se aposta no turismo activo, no cultural, no de natureza, no do sol e mar e no de gastronomia e vinhos, uma vez que de acordo com a agência, tem dados bons frutos.