Alentejo investe 3,3 M€ em 12 unidades de turismo rural

O distrito de Beja, no Alentejo, vai ganhar 11 novas unidades de turismo rural, enquanto outra se encontra em remodelação, num investimento de 3,3 milhões de euros, que vai dotar o Alentejo de 180 novas camas. No total, as 12 unidades espalham-se por seis concelhos do distrito de Beja, nomeadamente quatro em Ferreira do Alentejo, duas em Ourique e outras duas em Almodôvar, enquanto as restantes três se localizam nos concelhos de Aljustrel, Castro Verde e Odemira. Já a unidade que se encontra em remodelação localiza-se em Almodôvar. De acordo com declarações à Lusa de David Marques, presidente da Esdime – Agência para o Desenvolvimento Local do Alentejo Sudoeste, os 12 projectos encontram-se já aprovados e vão motivar um investimento de 3,3 milhões de euros, co-financiados em 1,9 milhões de euros pelo Eixo Leader do Proder. Os projectos dividem-se pelas categorias de alojamento Casa de Campo e Agroturismo, permitindo “aumentar consideravelmente” a oferta de alojamento em espaço rural nestes concelhos alentejanos. Com as 12 novas unidades, a oferta de turismo rural no Alentejo aumenta exponencialmente, com o número de camas a duplicar, passando das actuais 90 camas para 180, de acordo com David Marques. Ferreira do Alentejo será o concelho que maior número de camas vai receber, num total de 78, seguindo-se Almodôvar, que vai ganhar 36 camas, Ourique, que terá mais 24, Aljustrel, com mais 18 camas, enquanto Castro Verde e Odemira ganham 12 novas camas. O maior investimento, num montante de 300 mil euros por cada unidade, diz respeito a três das unidades em construção em Ferreira do Alentejo, enquanto o menor investimento diz respeito à unidade em construção em Aljustrel, num total de 209 mil euros. I.M.