Alentejo promove-se no mercado chinês

O Alentejo vai marcar presença na ITB Shangai, na China, que se realiza de 16 a 18 de Maio.

Na ITB Shangai o Alentejo marcará presença no stand de Portugal e irá promover-se enquanto destino turístico e enquanto elemento da Euro Região EUROACE, que além do Alentejo junta o Centro de Portugal e a Extremadura Espanhola.

Durante os três dias do certame o enfoque será dado no imenso património material e imaterial da Humanidade da UNESCO, como é o caso de Évora, Elvas, Mérida, Cáceres, Alcobaça, Coimbra, o Cante Alentejano, o fado ou o flamengo, bem como as três dezenas de museus, as 90 áreas naturais protegidas e a gastronomia.

De sublinhar que, de acordo com os dados do INE, nos dois primeiros meses deste ano o mercado chinês assumiu-se como o terceiro maior no Alentejo em número de visitantes e de dormidas.

Este facto leva Vítor Silva, presidente da Agência de Promoção Turística do Alentejo, a defender a estratégia de promoção do Alentejo num mercado emergente como a China, que tem crescido a dois dígitos nos últimos dois anos, valorizando igualmente a presença conjunta no âmbito da EUROACE. “Os chineses que nos visitam seguem numa lógica de touring e pretendem visitar várias regiões e não se limitar a apenas uma”, frisa o responsável, adiantando que “o perfil do turista que nos visita está a mudar. Se no início era um mercado marcado pelas operações exclusivamente de grupos, agora nele começam a despontar os individuais e famílias, que representam já 20% das chegadas totais de turistas Chineses à Europa, muito interessados em conhecer não só os monumentos mais icónicos, mas também a nossa cultura e gastronomia”.