Algarve apresentou projectos para este ano

O presidente da RTA, Desidério Silva, apresentou na BTL os principais projectos e acções que a região vai desenvolver no decurso de 2017, ano para o qual antecipou a continuação do crescimento dos vários mercados emissores.

Depois de um ano recorde para o turismo algarvio, a percepção do presidente da RTA é a de que “os mercados emissores vão continuar a crescer” embora exista “alguma preocupação” relativamente ao mercado britânico que considerou “um mercado a acompanhar durante este ano” devido a possíveis efeitos do Brexit. Foram estas perspectivas de crescimento dos mercados externos que levaram Desidério Silva a falar do aeroporto de Faro que, no seu entendimento, “deve começar desde já a ser repensado” para que num futuro próximo não se coloquem os problemas que estão a existir em Lisboa.

Quanto a projectos, refira-se o “algarve 360º”, uma experiência imersiva que permite ao público descobrir a diversidade algarvia através de sete vídeos de realidade virtual. Disponíveis no Youtube e no Facebook, cada vídeo retrata um atractivo da região: Sol e Mar, Golfe, turismo activo, touring, gastronomia e vinhos, turismo náutico e outro vídeo genérico. Soma-se a nova aplicação para dispositivos móveis da RTA – Roteiro Cultural Algarve, que convida a descobrir o património cultural da região.

Aposta que vem já do ano passado e vai continuar tem a ver com o programa Cycling & Walking Algarve a que a região agrega suportes promocionais como o “Guia de percursos de ciclismo de estrada” que está prestes a ser publicado e ainda uma acção de capacitação destinadas às unidades de alojamento que pretendem assumir-se como bicycle e/ou walking friendly.

A 3ª edição da Algarve Nature Week, que se realiza de 5 a 14 de Maio, foi outra das iniciativas destacadas pelo presidente da RTA que avançou, em relação do programa “Algarve 365” que “estamos a procurar valorizá-lo”, nomeadamente através da recuperação do Festival de Música do Algarve.

Desidério Silva anunciou ainda estar para breve a apresentação do estudo sobre o “Perfil do Turista que visita o Algarve”