Algarve com perspectivas positivas para este ano

Sem euforias, o presidente do Turismo do Algarve, Desidério Silva, disse ao Turisver.com, à margem da ITB em Berlim, que embora não possa haver certezas, o ano de 2013 se perspectiva, para já, positivo face aos resultados do ano passado. Em conversa com o Turisver.com, o presidente do Turismo do Algarve começou por sublinhar que em turismo se vivem tempos em que não há certezas por via da conjuntura económica. No entanto, e reportando-se a contactos mantidos com diversas empresas da região, nomeadamente unidades hoteleiras, afirmou haver “uma imagem positiva em relação a 2013”, havendo hotéis “com mais reservas e mais procura em termos da venda do produto”. Daí que, “se no contexto da economia europeia não houver grandes problemas, o ano de 2013 pode ser positivo para o Algarve”. A principal luta tem como alvo, não a época de Verão, que acaba sempre por estar vendida, mas o Inverno, dado que a sazonalidade continua a ser um dos principais problemas da região. Por isso mesmo, o Algarve, em conjugação de esforços com o Turismo de Portugal vai realizar “acção muito forte para o Inverno 2013-2014, que envolverá vários mercados” entre os quais se irão contar o Reino Unido e a Alemanha. Outro problema que tem afectado a região algarvia tem a ver com as rotas aéreas, com Desidério Silva a considerar que estas têm que ser reforçadas, nomeadamente através de um trabalho que tem que ser feito com os operadores turísticos, na consciência de que “sem voos, os turistas não vêm”. A região está também a desenvolver campanhas em várias regiões espanholas, tendo em conta que “em tempo de crise os mercados de proximidade têm grandes potencialidades e são aqueles que melhor podem dar resposta às necessidades” e tirando partido da “apetência dos espanhóis pelo nosso país e pelo Algarve em particular”. M.F.