Algarve cria projecto “XtremeGourmet”

Dez chefs, nove investigadores da Universidade do Algarve (UAlg) e uma empresa algarvia criam “XtremeGourmet” para juntos promoverem, através da cozinha gourmet, o consumo de plantas saudáveis e benéficas para a saúde.

Segundo Luisa Barreira, docente e investigadora da UAlg e coordenadora científica do projecto, o que se pretende é “ajudar a implementar uma forma de agricultura sustentável, que promove o consumo de produtos saudáveis e com benefícios adicionais para a saúde, com capacidade para impulsionar o desenvolvimento da região, estabelecendo padrões objectivos de qualidade para as plantas comercializadas.”

Segundo a investigadora, “para cumprir os objectivos propostos e completar o saber científico”, era necessário o envolvimento pessoal de chefs em Portugal e em outros países europeus, que pudessem actuar como “consultores”.

Para a equipa de investigação, “esta será uma excelente oportunidade para os chefs se envolverem de forma activa na produção de ingredientes inovadores usados na criação de experiências gastronómicas novas e originais”.