Algarve recebe feira internacional de luxo

O Pavilhão do Arade, em Lagos, recebe esta semana a Carnival of Luxury Algarve, uma feira internacional dedicada a produtos de luxo, onde estarão presentes algumas das mais luxuosas marcas de luxo, do turismo à joalharia, passando também pela arte e pela moda. A decorrer entre 24 e 29 de Abril, a feira conta com um variado programa, onde se incluem diversas iniciativas, como desfiles de moda de alta-costura, bailes de mascaras, entre outros eventos previstos, estimando-se que receba cerca de mil visitantes por dia. O modelo da Carnival of Luxury Algarve foi inspirado na Millionaire Fair, que se realiza em Amesterdão, disse à Lusa Eva Aydelman, da organização do evento, revelando que até ao momento, está confirmada a participação de 76 expositores. “Tudo o que pudermos trazer ao Algarve, vamos trazer”, sublinhou Eva Aydelman, adiantando que o evento, que representa um investimento de 500 mil euros, vai promover a região junto de muitos dos participantes, habituados a eventos em Londres, Paris ou Milão, mas que nunca estiveram em Portugal. Mas a feira vai ter também em exposição alguns produtos regionais, como a cortiça, o vinho ou o medronho, num evento que, segundo Desidério Silva, presidente do Turismo do Algarve, será importante para cativar potenciais turistas, com a mais-valia dos participantes serem personalidades e empresários de um segmento elevado. “Obviamente que a região só tem de estar atenta, disponível e colaborar em todas as acções que visem cativar turistas”, sublinhou, acrescentando que o Turismo do Algarve está a apoiar o evento nas condições logísticas e promoção da feira. Desidério Silva realça ainda o facto de o evento decorrer num período que antecede o verão, o que poderá ajudar a agitar o mercado turístico, obrigando também a um “esforço acrescido” por parte de todos os agentes. A região só tem a ganhar, pois os participantes têm de comer, dormir e irão, eventualmente, visitar monumentos e outros locais”, referiu, sublinhando que é necessário demonstrar que o Algarve é um destino de qualidade. A escolha do Algarve para palco do evento deve-se, segundo a empresária israelita Eva Aydelman, à sua paixão pelo Algarve mas também ao facto de esta ser uma localização central, perto Espanha, com a mais-valia de não existir a barreira da língua como noutros países, já que a maioria das pessoas fala inglês. I.M.