Alqueva ganha complexo turístico de 5 estrelas

O São Lourenço do Barrocal, a inaugurar esta sexta-feira e fruto da recuperação de um monte histórico, assinada pelo arquitecto Souto Moura, é o primeiro 5 estrelas a nascer na zona do Alqueva (Alentejo).

Promovido pela empresa São Lourenço do Barrocal, da família proprietária da herdade e da família António Menano, o projeto situa-se no concelho de Reguengos de Monsaraz, no distrito de Évora, e custou nove milhões de euros, dos quais cerca de 5,5 milhões foram apoios comunitários.

A herdade, na mesma família há 200 anos, possui 780 hectares, com várias marcas históricas, como 16 antas e um menir do Neolítico, e ligação directa ao Grande Lago.

Agora, esta herdade alentejana, com vários edifícios do século XIX e que totalizam oito mil metros quadrados, produtora de vinho e de vários produtos biológicos, como carne e azeite, passa a oferecer restaurante, adega e hotel de cinco estrelas, com 24 quartos, 16 casas turísticas, Spa, piscina, centro hípico, bem como outros serviços.

O empreendimento, quando foi apresentado, há alguns anos, previa também a construção de casas de turismo residencial, mas, por enquanto, os planos estão apenas centrados na operacionalização da fase que é inaugurada na sexta-feira.