Ana Mendes Godinho considera muito produtiva deslocação à Coreia do Sul

“Muitíssimo intensa, diversificada e muito produtiva”. Foi assim que a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, classificou a deslocação à Coreia do Sul à frente de uma missão empresarial.

Este tipo de promoção do mercado nacional serve, segundo Ana Mendes Godinho à agência Lusa, para que Portugal não receba apenas turistas durante o Verão. “Este ano estamos a crescer durante todo o ano e os crescimentos mais expressivos até são durante a época baixa e é o que queremos, desconcentrar a procura durante o ano, para que a actividade turística seja mais sustentável”.

A agenda incluiu reuniões com companhias aéreas para “desenvolver mais rotas para Portugal” e com operadores turísticos, bem como um workshop sobre turismo religioso, com “âncora especial em Fátima”, mas promovendo todo o país, referiu a governante, que destacou ainda a valorização dos sul-coreanos em relação ao património nacional classificado pela UNESCO e às aldeias históricas.

Houve ainda formalização de acordo para intercâmbio de estudantes da área do Turismo e um encontro com produtores de cinema e séries “para os cativar e promover Portugal como um destino bom para fazerem as suas filmagens”.

A comitiva nacional encontrou nos sul-coreanos “muita curiosidade sobre Portugal”, pelo que a mensagem que tem sido passada é que: “se há 500 anos os portugueses foram o primeiro povo europeu a vir para esta zona, agora Portugal está a ser descoberto pelos mercados dos vários continentes”.

“O mercado sul-coreano está a crescer 30% em Portugal, sem que tenha havido no passado um grande esforço promocional do país e, portanto, acreditamos que com estas acções que estamos a desenvolver, o mercado vai claramente descobrir Portugal para que os turistas tenham uma experiência completa na Península Ibérica”, afirmou à Lusa.

Para o início do próximo ano são esperadas visitas técnicas de produtores de cinema, companhias aéreas e operadores a Portugal.

A próxima paragem de Ana Mendes Godinho será a China para participar na assembleia-geral da Organização Mundial de Turismo (OMT), assim como para promover acções com jornalistas, companhias aéreas e operadores turísticos.