APAVT certifica DMC’s

A Associação Portuguesa de Agências de Viagens e Turismo (APAVT) lançou uma certificação destinada às DMC’s que actuam na área do MICE e que assegurem um determinado conjunto de pré-requisitos, a “Certified DMC’s of Portugal”, inserida no novo subcapítulo da associação para DMC’s. Segundo comunicado da APAVT, esta certificação visa a “aproximação aos padrões de qualidade internacionais específicos da área do MICE”, funcionando como uma “mais-valia” para o posicionamento das empresas que a recebem. Para aderirem ao novo subcapítulo, as empresas têm que ser licenciadas e ser membros da APAVT, contando com actividade MICE há, pelo menos, quatro anos, dispor de escritório não residencial permanente, ser independente de fornecedores, dispor de um seguro de responsabilidade civil igual ou superior a 1,5 milhões de euros, ser recomendada por quatro clientes internacionais e aceitar o código de ética da Certified DMC’s of Portugal. De acordo com a APAVT, também serão admitidas as unidades autónomas ou departamentos de entidades que sejam agências de viagens associadas e cujo volume de negócios seja, no mínimo de 70%, proveniente do mercado MICE. A adesão das primeiras empresas será confirmada pela APAVT e, posteriormente, por um grupo de gestão que integrará, além de representantes da direcção da associação, três representantes de DMC’s eleitos pelos próprios membros do subcapítulo. “Vamos promover, junto do mercado, as vantagens de contratar um DMC certificado, designadamente através da criação de uma imagem de marca e do lançamento de um site, mas sobretudo através de uma monitorização permanente do cumprimento do código de ética e das boas práticas de negócio por parte dos membros certificados”, afirma Eduarda Neves, directora da APAVT que está na génese deste projecto associativo. I.M.