APAVT e Europcar estabelecem protocolo de cooperação

A Associação Portuguesa de Agências de Viagens e Turismo (APAVT) e a Europcar estabeleceram um protocolo de cooperação que se destina a promover as vendas da rent-a-car pelos membros da associação, que passam a beneficiar de condições exclusivas em alugueres em Portugal e no estrangeiro. Através deste protocolo, a Europcar concede um desconto de 25% sobre as suas tarifas promocionais válidas no momento do aluguer em Portugal continental e na Madeira aos associados da APAVT, bem como de 10% em alugueres no estrangeiro. E também os funcionários das agências associadas da APAVT beneficiam com este acordo, uma vez que gozam também de um desconto de 20% sobre as tarifas promocionais válidas no momento do aluguer, em Portugal continental e na Madeira, bem como de 10% nos alugueres efectuados no estrangeiro, bastando apenas que apresentem um documento que ateste a sua condição de funcionário de empresa associada. Outra das vantagens deste protocolo é o facto de a rent-a-car estar também disponível para instalar micro-sites nas páginas Web dos associados da APAVT, através das quais será possível realizar reservas de veículos com as tarifas acordadas. De parte da APAVT, a associação concede à Europcar o estatuto de patrocinador oficial do congresso nacional da associação durante a vigência do protocolo, disponibilizando ainda à rent-a-car um espaço promocional nos seus suportes de comunicação. O protocolo tem a duração de um ano, sendo prorrogável por igual período, e foi já assinado pelas duas partes, tendo a APAVT sido representada pelo presidente e tesoureira, Pedro Costa Ferreira e Paula Alves, respectivamente, enquanto a Europcar foi representada pelo director de marketing e vendas, Fernando Fagulha. ?Estas condições permitirão às agências de viagens da APAVT oferecer aos seus clientes um produto de confiança e de qualidade, em condições ímpares no mercado?, destaca Pedro Costa Ferreira, enquanto Fernando Fagulha considera ?importante apostar nas relações com parceiros, especialmente quando actuam no mesmo sector?, como é o caso da APAVT. I.M.