APAVT quer pacto de regime para o sector

O presidente da Associação Portuguesa de Agências de Viagens e Turismo (APAVT), Pedro Costa Ferreira, quer que os partidos políticos estabeleçam um pacto de regime que permita separar a estratégia para o sector das questões ideológicas, concedendo um maior espaço aos privados. ?Gostaria muito que, de uma vez para sempre, a política do turismo em Portugal pudesse soltar-se dos ciclos políticos”, afirmou Pedro Costa Ferreira à Lusa por ocasião do Dia Mundial do Turismo, que se comemorou na passada sexta-feira, 27 de Setembro. De acordo com o responsável, é necessário que os partidos políticos estabeleçam um pacto de regime para o sector, de forma a que não exista um constante regresso “à casa de partida” com a mudança de governação. Pedro Costa Ferreira entende que é necessário dar mais espaço aos agentes privados, já que são estes “que estão com a mão na massa e que têm que resolver” os seus problemas, afirmou. I.M.