Aprovado uso de tablets e smartphones em todas as fases de voo

A Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA) aprovou o uso de dispositivos electrónicos em todas as fases de voo, devendo a directiva que autoriza a utilização de aparelhos como tablets e smartphones ser publicada no final deste mês. A utilização dos aparelhos está, no entanto, limitada, uma vez que os dispositivos devem estar em ?modo de voo?, não permitindo a realização de chamadas telefónicas nem o envio de mensagens durante as viagens aéreas. ?Este é um grande passo no processo de expandir a liberdade de usar os dispositivos electrónicos pessoais a bordo das aeronaves sem comprometer a segurança?, referiu o director executivo da EASA, Patrick Ky, citado em comunicado. As novas regras não abrangem os computadores, que devem ser desligados durante a descolagem e a aterragem devido ao volume destes equipamentos, aplicando-se a todos os voos dentro da Europa e operados por companhias europeias. A agência europeia revelou também que está a estudar formas para conseguir certificar o uso de telemóveis para a realização de chamadas durante os voos, reconhecendo ?a vasta proliferação do uso dos dispositivos electrónicos pessoais? e admitindo que ?o desejo é o de que os passageiros os possam usar em todo o lado?. Recorde-se que a decisão da EASA foi tomada depois de a sua congénere norte-americana ter aprovado também, há cerca de duas semanas, o uso de dispositivos electrónicos em todas as fases de voo. I.M.