Associação das Termas de Portugal elegeu órgãos sociais

A Associação das Termas de Portugal elegeu, na passada sexta-feira, 20 de Abril, em Assembleia Geral, os novos órgãos sociais para o triénio 2018-2020.

A Mesa da Assembleia Geral é agora constituída pela Sociedade de Turismo de Santa Maria da Feira (presidente), pela Fundação INATEL (vice-presidente) e pelo Município de Castro Daire (secretário).

A Direcção passa a ser formada por Victor Leal, em representação da Termalistur- Termas de São Pedro do Sul, EM, SA (presidente); Ricardo Costa, da Taipas- Turitermas, CPRL (vice-presidente) e Hugo Oliveira, em representação do Município das Caldas da Rainha (vice-presidente). Integram ainda a Direcção os vogais Maria José David (VMPS- Águas e Turismo, SA), Luís Veiga (Sociedade Termal Unhais da Serra, SA), Rosário Vanzeller (Empresa das Águas do Gerês, SA) e Nuno Vaz (Município de Chaves).

Já o Conselho Fiscal passa a ser presidido pela Empresa das Caldas da Saúde, Unipessoal, LDA, tendo como vogais efectivos as Câmara Municipais de Tondela e de Vimioso.

O programa de acção prevê uma reformulação da organização e maior representatividade da Associação, a aposta no conhecimento científico, o aumento da competitividade do sector, a credibilização da actividade termal e também o aumento da visibilidade, comunicação e promoção do que é feito. Entre os objectivos do mandato está também o estabelecimento de parcerias “para um novo posicionamento comercial, introduzindo o conceito de produtos compósitos turísticos, a par do posicionamento terapêutico”, avança a Associação das Termas de Portugal em nota à imprensa.