ATP promove natureza, religião e enoturismo

A Associação do Turismo do Porto levou profissionais de mais de 1Restauração nacionalidades a conhecer alguns dos produtos estratégicos da região do Porto e Norte, indo ao encontro da estratégia que definiu para este nao.
Ao todo foram 60 operadores turísticos que na última semana de Fevereiro têm usufruído de programas especializados dedicados ao turismo de natureza, ao turismo religioso e ao enoturismo que, para Helena Gonçalves, directora executiva da ATP, “são uma alternativa à visita generalista, mostrando três dos produtos estratégicos que compõem a oferta desta região”.
Para a responsável da ATP, “este novo formato é mais interessante, porque permite segmentar e personalizar as nossas propostas, para oferecermos experiências únicas e diferenciadoras que vão ao encontro das motivações de quem nos visita. É esta oferta personalizada que corresponde, aliás, a uma das actuais tendências em termos de turismo, que nos permite criar e acrescentar valor junto dos nossos turistas”.
Para além dos tradicionais mercados que compõem o ranking top ten da região, como França, Brasil, Alemanha, Reino Unido, Itália, Benelux, EUA e Escandinávia, marcaram igualmente presença participantes de mercados de aposta como Polónia e Rússia e ainda de novos mercados como Israel, Uruguai, Colômbia, Argentina, Filipinas e Indonésia.
Ao contrário dos anos anteriores, para além de visitas generalistas, onde é apresentada a oferta do destino de forma transversal, os compradores internacionais que participaram na BTL tiveram a oportunidade de se inscrever em visitas temáticas.
A presença destes compradores internacionais surgiu no âmbito do Workshop Internacional de Turismo Religioso da iniciativa da ACISO (Associação Empresarial Ourém-Fátima), e ainda como resultado do programa de hosted buyers levado a cabo pela BTL, em parceria com o Turismo de Portugal e com as diversas agências regionais de promoção externa.
S.C.F.