Aumento de 70% nas receitas e 34% nos passageiros marcam ano da TAP no Brasil

Os dados foram avançados aos jornalistas por Mário Carvalho, director-geral da TAP Brasil, no decorrer da ABAV Expo, que teve lugar em São Paulo durante a passada semana. Mário Carvalho classificou mesmo estes resultados de surpreendentes.

Até Agosto, a TAP aumentou em 34% o número de passageiros nas rotas do Brasil, com as receitas a crescerem 70% durante o mesmo período, em termos homólogos, acrescendo que 62% das vendas nestas rotas são feitas no mercado brasileiro. Mário Carvalho, director-geral da TAP Brasil manifestou-se surpreendido com estes resultados tão positivos, dada a crise económica e política que vem assolando o Brasil nos últimos dois anos.

Além do aumento da tarifa média, o que está a crescer nas rotas do Brasil é também a taxa de ocupação dos voos, que ultrapassa os 80%. São Paulo, por exemplo, está com um load factor a rondar os 94%, pelo que Mário Carvalho disse ser defensor da introdução da terceira frequência diária, um aumento a que, no momento, o mercado responderia de forma positiva.

Para já, as perspectivas para o próximo ano são positivas, sendo expectável um crescimento de 10%, embora a situação económica ou outras perturbações possam vir a alterar as estimativas.

Mário Carvalho garantiu que a TAP vai regressar a Natal assim que as obras na pista do aeroporto ficarem concluídas e que a instalação de um hub da Air France-KLM em Fortaleza, embora não seja uma situação inusitada, irá “complicar” a vida da companhia portuguesa.