Autarquia de Vila Real de Sto. António requalifica Hotel Guadiana

As obras de requalificação do histórico Hotel Guadiana, na frente ribeirinha da cidade de Vila Real de Santo António, iniciam-se na primeira semana de Maio e representam um investimento de 2 milhões de euros, a realizar pela autarquia com financiamento do programa Jessica.

Classificado como imóvel de interesse municipal desde 2010, o emblemático Hotel Guadiana deverá estar operacional num prazo de 10 meses.

A intervenção contempla a renovação exterior e interior do edifício, adequando-o às características de unidade de cinco estrelas. A requalificação prevê a manutenção da fachada e dos principais elementos decorativos do prédio de estilo afrancesado cuja construção data do início dos anos 20 do século passado. A volumetria original do hotel vai ser mantida, possibilitando a instalação de 31 quartos (15 duplos, 3 suítes júnior e 13 quartos individuais).

A empreitada engloba ainda a recuperação de um edifício na Ponta da Areia (foz do Rio Guadiana) para instalação da área de beach club. A exploração do hotel irá integrar o edifício da Alfandega – a primeira construção da cidade -, que reservará também espaço para uma unidade museológica.

Esta operação integra-se na “estratégia de requalificação do património edificado da cidade e da instalação, no seu Centro Histórico, de unidades hoteleiras de referência, potenciando um turismo de qualidade superior e cultural”, diz Luís Gomes, presidente da Câmara Municipal de VRSA. Acrescenta ainda que “a obra representa o primeiro passo de recuperação da frente ribeirinha de VRSA, para onde estão previstos investimentos no valor de 150 milhões de euros”.