Autoridade da Concorrência aprova compra do Pavilhão Atlântico

A Autoridade da Concorrência (AdC) aprovou terça-feira, 5 de Março, a compra do Pavilhão Atlântico pela Arena Atlântida – Gestão de Recintos de Espectáculos, SA, que resulta do consórcio composto pela Ritmos & Blues, por Luís Montez, pela actual gestão do Pavilhão Atlântico e pelo fundo FCR BES PME Capital Growth. “A Arena Atlântida congratula-se com o projecto de decisão da AdC, que é adoptado no âmbito do processo de análise da operação pela AdC, iniciado em 17 de Agosto de 2012, e vem na sequência da apresentação, por esta empresa, de um conjunto de compromissos revisto, por forma a dissipar as últimas dúvidas que a AdC mantinha relativamente à operação”, diz a empresa que adquiriu o Pavilhão Atlântico, em comunicado. Na mesma informação, a Arena Atlântica diz que, no seu entendimento, “a aquisição do Pavilhão Atlântico não suscita qualquer problema de concorrência”, acrescentando que vai agora “analisar o projecto de decisão, no âmbito da audiência de interessados em curso”, transmitindo oportunamente as suas conclusões à AdC. “A Arena Atlântida está a analisar o projecto de decisão, no âmbito da audiência de interessados em curso, e transmitirá oportunamente as suas observações à AdC, no âmbito do espírito de cooperação leal que tem assumido ao longo deste processo, com vista à adopção, pela AdC, de uma decisão final de aprovação da operação, que ponha termo ao processo assim que possível”, lê-se no comunicado. I.M.