Bensaude lança livro em homenagem à história do Parque Terra Nostra

A obra “Parque Terra Nostra”, nas Furnas, Ilha de São Miguel, nas versões em português e inglês, foi lançada este fim-de-semana pelas mãos do Grupo Bensaude.  

O mais emblemático Parque botânico dos Açores, pertença do Grupo Bensaude, acolheu esta cerimónia que contou com a presença de Mónica Bensaude Fernandes e do autor do livro Luis Mendonça de Carvalho, biólogo e Doutor em Sistemática e Morfologia de Plantas, que tiveram a seu cargo a apresentação do mesmo.

O livro, cuja principal responsável pela edição é Patrícia Bensaude Fernandes, serve como homenagem a toda a história do parque, assim como a Vasco Bensaude, principal impulsionador e dinamizador do mesmo, legado perpetuado actualmente, pelo jardineiro chefe Fernando Costa.

Nascido no final do século XVIII pela mão de Thomas Hickling, americano que nutria um profundo amor pelos Açores e pelas Furnas, o Parque foi adquirido em 1930 por Vasco Bensaude e desde então é um ícone para todos os micaelenses e um local de visita obrigatória quando se está na Ilha de São Miguel, para locais e turistas.

Reconhecido, ainda como uma das principais incubadoras de flora do arquipélago dos Açores, o Parque Terra Nostra é conhecido no meio botânico pela sua vasta e única colecção de camélias com cerca de 800 cultivares, bem como pelas espécies raras que ali acham vida, como é o caso da Victoria Cruziana. De destacar também o singular tanque de água termal, um ex-libris dos Açores, que confere ao Parque um ambiente místico que complementa e reforça a experiência que este oferece aos que o visitam.