Bernardo Trindade lidera “Portugal In” para captar investimentos pós-Brexit

O antigo secretário de Estado do Turismo vai presidir à estrutura temporária que visa “atrair para Portugal investimentos que pretendam permanecer na União Europeia após a saída do Reino Unido”. A criação do “Portugal In” foi aprovada em reunião de Conselho de Ministros da passada quinta-feira.

Segundo o comunicado do Conselho de Ministros, a estrutura agora criada, que irá funcionar “sob a dependência do Primeiro-ministro” vem “contribuir para o cumprimento do objectivo definido no Programa de Governo de captação de mais e melhor investimento directo estrangeiro, essencial para reforçar a competitividade da economia nacional”.

No caso do “Portugal In”, a captação desse investimento será feita, explica o comunicado, com recurso à “promoção dos factores de diferenciação e complementaridade que Portugal oferece, nomeadamente ao nível dos recursos humanos e da posição geoeconómica do país”. Com a nova estrutura “pretende-se dinamizar a capacidade empresarial nacional e a criação de emprego, reafirmando o compromisso com o projecto europeu”, explica o mesmo comunicado.

Além de Bernardo Trindade, antigo secretário de Estado do Turismo e administrador do Grupo PortoBay Hotels & Resorts, a Comissão Executiva da nova Estrutura de Missão para o Investimento Estrangeiro, cujo mandato termina a 31 de Dezembro de 2019, é composta por Chitra Stern (Grupo Martinhal) e Gonçalo da Gama Lobo Xavier (vice-presidente do Comité Económico e Social Europeu).