Best-Reisen tem clientela que interessa a Portugal, diz Markus Zahn da Olimar

O director de Marketing e Vendas do operador turístico germânico Olimar, Markus Zahn, disse que a organização de agentes de viagens alemã Best-Reisen tem uma clientela que interessa muito a Portugal, já que actua num segmento de alto nível e com clientes sofisticados.

O responsável que falava ao turisver.com à margem da conferência anual da Best Reisen, que trouxe a Lisboa, este fim-de-semana, cerca de 500 participantes oriundos da Alemanha, entre agentes de viagens, operadores turísticos, representantes de companhias aéreas, de cruzeiros, empresas de seguros, de TI e aluguer de automóveis, jornalistas especializados, bem como de outros serviços de turismo daquele país, realçou a importância deste evento na capital portuguesa, que serviu como uma forma de promoção do destino Portugal.

De acordo com Markus Zahn, “Portugal representa apenas 1% ou 2% do mercado alemão, por isso temos que promover o destino junto dos agentes de viagens alemães e trazer esses profissionais para conhecerem Portugal. A maior parte dos 500 participantes nunca esteve cá e, a Olimar, ao patrocinar este evento pretende explicar o que é o destino e a que tipo de clientes se destina”.

“Estamos sempre interessados a apoiar este tipo de congressos bem como fam trips e outras acções do género, colaborando com as entidades portuguesas do turismo, com os hotéis e com a TAP, e fazemos isso há muitos anos”, referiu o director de Marketing e Vendas da Olimar, para realçar que só em 2016, o operador turístico trouxe a Portugal cerca de 90 mil turistas provenientes da Alemanha, Áustria e Suíça, o que correspondeu a um crescimento de 25% face ao ano anterior. “Para este ano os números devem manter-se semelhantes, até porque não é possível crescer mais para o destino, face às subidas de 2016”, disse.

Markus Zahn lembrou ainda que a Madeira, Algarve e Lisboa representam entre 70% 80% do negócio do operador turístico germânico, mas “estamos a promover outras regiões mais típicas, como o Norte, o Centro e o Alentejo. Estamos a apostar neste novo conceito para a clientela das regiões de língua alemã que gosta de cultura, gastronomia e paisagem”.

Para este Inverno, os números do operador turístico são igualmente positivos. “Estamos a crescer muito nas épocas baixas porque os alemães fazem três a quatro viagens por ano e querem descobrir destinos desconhecidos, e estamos a falar de clientes que procuram qualidade, autenticidade, cultura, boas comidas e bons vinhos, não do tipo de turista que vai para os all inclusive, felizmente”.

O evento deste fim-de-semana foi co-patrocinado pela Olimar, líder de mercado para viagens a Portugal em toda a região de língua alemã, bem como pelo Turismo de Portugal e TAP, regiões de turismo e vários hoteleiros.

A Best-Reisen é uma das cinco maiores organizações de agências de viagens independentes na Alemanha e engloba cerca de 600 empresas, com uma estimativa de facturação para este ano de mil milhões de euros.

Para além de conferências, a acção incluiu ainda uma feira sobre turismo gastronómico, e excursões em Lisboa e nas regiões vizinhas.

Para manter esta boa performance em relação a Portugal, a Olimar aumentou a sua oferta no destino, incluindo um maior número de hotéis e voos no seu catálogo, e também mais circuitos. No “This is Portugal!” a Olimar apresenta a maior selecção para Portugal que já alguma vez programou. O especialista em vendas para o nosso país inclui não só uma selecção de hotéis que abrange todas as regiões portuguesas, incluindo 47 casas reservadas em exclusivo para o seu programa, bem como tem organizado mais actividades de lazer para os visitantes. O novo catálogo oferece mais viagens, eventos e tours de aventura, ao mesmo tempo que apresenta mais experiências.

São 55 viagens, 300 hotéis e 600 outras unidades de alojamento que podem ser reservadas através da Olimar para Portugal. Os novos hotéis surgem em Lisboa, Porto e Alentejo, mas também na Madeira e Açores. Houve também uma expansão do alcance das ligações aéreas, com voos para todos os destinos portugueses, através de companhias aéreas alemãs, austríacas e suíças.