Bom Jesus pretende investir 8 milhões no turismo religioso

A Sociedade Hotéis do Bom Jesus, de Braga, pretende investir 8 milhões de euros, até 2020, em cinco novas unidades hoteleiras, em Portugal e Espanha, dedicadas ao turismo religioso, segmento em que pretende ser o maior player nacional. Mário Pereira, presidente da Sociedade Hotéis do Bom Jesus, explica o investimento: “existem muitas unidades hoteleiras, propriedade da Igreja Católica, que estão, actualmente, a ser concessionadas a terceiros, que, por sua vez, não estão a explorá-las da melhor forma. Essa é uma das estratégias que vamos utilizar para conseguir a gestão de mais hotéis”. Outras das estratégias passa pela readaptação de alguns edifícios grandes que a Igreja tem devolutos, transformando-os em unidades hoteleiras. Do investimento a realizar em mais cinco hotéis, estão previstos dois projectos para se concretizar na época alta de 2015: um para Guimarães e outro para Santiago de Compostela – a primeira internacionalização da entidade. A sociedade poderá investir também em Lisboa e Fátima, criando um eixo que permita “fazer roteiros turísticos que percorram quase todo o país, de modo a que o turista que entra por Lisboa possa sair em Santiago”, elucida Mário Pereira. De salientar que, além do turista português, os Hotéis do Bom Jesus pretendem conquistar mercados emergentes no segmento do turismo religioso, como a Europa de Leste, a Coreia do Sul e o Brasil, bem como reconquistar turistas dos mercados inglês, alemão e francês. T.S.

(Visited 3 times, 1 visits today)