BPI financia expansão da Quinta da Pacheca com 1,8M€

O BPI financia o projecto de expansão do The Wine House Hotel Quinta da Pacheca no Douro, um investimento de 4,9 milhões de euros que visa alargar e melhorar a oferta daquela unidade hoteleira, onde se inclui o aumento da capacidade de alojamento em 34 quartos, alguns construídos dentro de barricas de vinho.

  

O projecto conta com um apoio de 3,29 milhões de euros, aprovado ao abrigo do Portugal 2020, estando em curso a antecipação de 1,65 milhões de euros com recurso à Linha BPI P2020 na modalidade “Antecipação de Incentivos”.

Por outro lado, o Turismo de Portugal aprovou também um financiamento de 275 mil euros inserido na linha de apoio à qualificação da oferta, sendo 40% financiado através do BPI, com o objectivo de apoiar o investimento na ampliação do espaço de eventos da quinta, na introdução de sistema de climatização mais eficiente e na construção de novo deck sobre a vinha.

O projecto da Quinta da Pacheca prevê igualmente a criação de um Spa temático winetherapy (salas de tratamento, ginásio, piscinas interior e exterior), bem como o aumento da capacidade da wine shop e salas polivalentes.

Para Junho está prevista a abertura de 10 quartos que primam pela originalidade, construídos dentro de barricas de grande dimensão, com acesso a terraço privado com vista sobre as vinhas.

Refira-se que o BPI concede créditos ao abrigo da linha de apoio à qualificação da oferta do Turismo de Portugal com uma quota de 33%. No âmbito desta linha o BPI, em conjunto com o Turismo de Portugal, já financiou mais de 18 milhões de euros respeitantes a 32 projectos.

A Linha de Apoio à Qualificação da Oferta é um instrumento financeiro do Turismo de Portugal, em parceria com o Sistema Bancário e a Portugal Capital Ventures, que dispõe de uma dotação de 75 milhões de euros para apoiar, até 31 de Dezembro de 2018, o financiamento a médio e longo prazo de projectos de investimento de empresas do sector do turismo que se traduzam, sobretudo, na requalificação empreendimentos turísticos, criação de empreendimentos turísticos inovadores, projectos na área da animação turística e da restauração, bem como de empreendedorismo turístico.