Brussels Airlines aumenta frequências para destinos africanos

A companhia aérea Brussels Airlines anunciou que vai reforçar, durante o corrente ano, os voos para os seus destinos africanos, com destaque para Dakar, a capital do Senegal, que passa a ser servida por voos diários durante a temporada de Verão, em vez dos quatro voos semanais que a companhia operava para o destino. No Senegal, a Brussels Airlines vai passar a comercializar também voos regionais conjuntamente com os voos internacionais, uma novidade que surge através de um acordo comercial estabelecido com a Senegal Airlines. Mas, além de Dakar, a Brussels Airlines vai também aumentar os voos para vários outros destinos da África Ocidental, a exemplo de Freetown, capital da Serra Leoa, que passa de dois para quatro voos semanais, uma vez que aos voos de segunda e sexta-feira se juntam também voos às quartas e sábados. Já a Guiné vai passar a contar com um terceiro voo com destino a Conacri, capital do país, passando os voos a decorrer às terças e quintas-feiras, bem como aos domingos, enquanto Cotonou, no Benim, passa igualmente a contar com três voos por semana a partir do Verão, às terças, quintas e sábados. Em comunicado, a Brussels Airlines refere ainda que vários outros destinos africanos vão sofrer alterações nos voos, como é o caso de Banjul, Ouagadougou, Lomé, Douala, Yaounde, Kinshasa e Luanda, que passam a contar com melhores possibilidades de conexão para os destinos europeus da companhia belga. Melhores ligações estão também disponíveis entre os EUA e Monrovia, na Libéria, enquanto na República Democrática do Congo a Brussels Airlines estabeleceu uma parceria com a Korongo Airlines, que permite melhores ligações a Lubumbashi para os passageiros que voem para Kinshasa às segundas, sextas e sábados, entre outros destinos da companhia. Estas alterações vão ser progressivamente introduzidas na operação da Brussels Airlines para o continente africano já a partir de Fevereiro. Mais informações em www.brusselsairlines.com. I.M.